segunda-feira, 17 de novembro de 2014

segunda-feira, 23 de junho de 2014

WORKSHOP S.O.S ESTUDO no RUGBY DA ALTA DE LISBOA


A Associação de Residentes da Alta de Lisboa (ARAL) através do projeto Rugby na Alta de Lisboa, ofereceu oito “Workshop’s S.O.S. Estudo” para a promoção do sucesso escolar.

A metodologia utilizada teve como fundamentação teórica a literatura e estudos científicos da Professora Catedrática Adelina Lopes da Silva e as estratégias e recursos utilizados foram adaptados do livro “Ajudem-me a estudar” das psicólogas Bárbara Mourão e Diana Almeida (2011).

Uma dezena de participantes, ao longo de oito semanas, participou no jogo “Saber para Vencer”, iniciando um compromisso (de assiduidade, de pontaulidade, em dar o melhor de si em cada desafio do jogo e fazer as tarefas com empenho, de ter espírito de equipa e respeitar os colegas) e semana a semana foram superando os vários desafios:
  1. a motivação para estudar
  2. a gestão e organização
  3. as condições ambientais durante o estudo
  4. como tirar apontamentos nas aulas
  5. análise de textos escritos: identificar ideias principais, sublinhar e resumir
  6. a resolução de exercícios de matemática
  7. a preparação para os testes
  8. a realização de testes.

Figura 1- O tabuleiro do Jogo “Saber para Vencer”

Quatro participantes honraram o compromisso e os mesmos venceram pelo menos um dos oito desafios! Na Figura 2, apresentamos a descrição do que cada um venceu.

O DESAFIO QUE cada jogador venceu
Figura 2- Gráfico - vencedores

Ao longo de cada desafio, os jogadores foram acumulando pontos e quem ganhou mais pontos, foi a vencedora final Ana Ganchinho, premiada com o livro “O Principezinho” e ainda com uma bolsa. Os restantes participantes, que honraram o compromisso, foram premiados com uma festa num restaurante por eles escolhido.

Figura 3- Abertura do embrulho que contém o prémio
Os segundos e terceiros classificados com mais pontos foram  Sueel Caroso e Diogo Carreira respetivamente.

Figura 4-  A 2º e 3º classificação final

O balanço final destes oito workshop’s foi muito positivo, pois registámos uma evolução efetiva não só na mudança das crenças sobre o estudo, como também no uso de estratégias  de estudo e ainda nos últimos resultados dos testes escolares. (Semião Contente)

O produto final

Para se chegar a um produto final, é preciso passar por várias fases e possuir determinadas competências, recursos e oportunidades!... Foram estes os exercícios que desenvolvemos ao longo do ano letivo: estimular e ativar competências, criar e aproveitar recursos e/ou energias, construir e desenvolver, potenciar e praticar!

Qual o produto final?
Podemos dar  inúmeras respostas, apontar sucessos e insucessos, apresentar trabalhos realizados (concluídos e/ou por concluir),  revelar descobertas de novos saberes e habilidades,  noticiar vários convívios, treinos, jogos, atividades, dinâmicas de grupo, etc...

Alguns produtos finais do nosso trabalho desenvolvido neste projeto do Rugby da Alta de Lisboa, são visíveis e outros invisíveis, outros serão quantificáveis ou qualificáveis, assim como alguns são materiais e outros imateriais ....

Um exemplo de produto final, é o tapete construído por todos os atletas (sub 8, sub10, sub 12, sub 14 e sub 16), o qual passou primeiramente pelo planeamento, depois pela inicial recolha de materiais (caricas, pregos, martelos e madeira), pela aprendizagem do manuseamento do martelo e regras de segurança, martelar pregos, pregar caricas,  cooperação e trabalho de equipa.

Apresentamos o tapete final, que foi iniciado em março e terminado em junho:




Algumas fotos registadas durante 3 meses na construção do tapete:





 
(Cooperação ou entreajuda, sempre alguém na vigilância e na facilitação das tarefas,  atentos aos materiais e regras de segurança martelo em ação e o rigor da atenção de cada elemento do grupo de trabalho, após várias fases de treino, ainda que sob o olhar atento dos monitores, surge a autonomia no desempenho da tarefa e cá está o martelo em ação sobre o prego e a carica..., também os mais velhos martelaram,  a continuação do trabalho, mais uma e outra carica... passo a passo..., e assim chegámos ao produto final: Tapete de caricas).

O Ludo

Para além dos feijões, pedrinhas, etc., outro recurso utilizado para estimular a noção de número e relevar a importância do respeito pelas regras e pelos colegas, foi o jogo “O Ludo”!





O Micado


Através do jogo “O Micado”, que favorece o desenvolvimento sócio-afetivo, o crescimento pessoal para o amadurecimento, para a aquisição de competências e para a aprendizagem, estimulámos o raciocínio e a concentração, potenciando a destreza manual. Com esta metodologia, desenvolvemos assim, a motricidade fina, a coordenação óculo-manual, tal como também o respeito pelas regras e pelos parceiros, e ainda a paciência.


Aprender e treinar a descodificar


Num mundo em que há cada vez mais informação disponível, o saber descodificar é  para todos nós uma constante, de modo que desde cedo tivemos este tipo de atividades – aprender a ler o código e depois treinar a descodificar!....



Recursos utilizados na Sala de Apoio ao Estudo para aprender e crescer

De forma divertida, dando espaço à curiosidade e ao crescimento, desde os mais novos aos mais crescidos, utilizámos variadíssimos recursos para a educação!
Eis um exemplo, o “100 Quebra-Cabeças Júnior”, são cartas de atividades que se fazem com um marcador, onde se pode encontrar e resolver muitos enigmas, coisas para observar e descobrir, palavras cruzadas dos animais, desenhos criativos e que no final basta limpar com um toalhete húmido e fica pronto a ser utilizado outra e outra vez!......

100 Quebra-Cabeças Júnior
 
Exemplo de outros materiais da EDICARE, semelhantes ao acima descrito.

sábado, 14 de junho de 2014

VIII - WORKSHOP S.O.S ESTUDO


O oitavo e último desafio: - VENCER NOS TESTES


Mesmo numa manhã convidativa para a praia e depois da participação nas festas da junta de freguesia, os atletas não se deixaram vencer pelo calor ou cansaço e honraram o seu compromisso estando presentes no último desafio do jogo “saber para vencer”.

Aprendemos a interpretar as instruções e questões dos testes e treinámos estratégias para a realização dos testes!

 



O vencedor do 8º desafio, foi o atleta Sueel Cardoso, parabéns para ele e para todos os participantes neste desafio! 




VENCER NOS TESTES!...


Hoje, às 11h30 na sala de apoio ao estudo, vamos à descoberta do saber VENCER NOS TESTES!
O último desafio do jogo “saber para vencer”  e o oitavo WORKSHOP S.O.S. ESTUDO.

Em cada um de nós há um segredo, 
uma paisagem interior com planícies invioláveis, 
vales de silêncio e paraísos secretos.” 
(Antoine de Sainta-Exupéry)


sexta-feira, 13 de junho de 2014

VIII-Workshop S.O.S. Estudo


VIII-Workshop S.O.S. Estudo – VENCER NOS TESTES


O último desafio do “Saber para vencer” irá decorrer no VIII-Workshop S.O.S. Estudo,  sábado no dia 14 de junho, às 11h30, na sala de apoio ao estudo!

Os teste do 6º e 9º ano estão quase a chegar, este workshop pode ajudar-te a alcançares melhores resultados, agora e no teu futuro escolar!...

O último desafio inclui tarefas que ajudam a realizar melhor os testes, de modo a alcançar melhores resultados!

Vamos:
1- aprender a interpretar as instruções e questões dos testes;
2-estimular a adoção de procedimento adequados durante a realização dos testes.


Rugby da (m)Alta vais estar na Quinta das Conchas!

No próximo sábado dia 14 de Junho, vamos estar  na festas da junta de freguesia, das 10h30 às 11h30 na Quinta das Conchas!....



quinta-feira, 12 de junho de 2014

Na sala de apoio ao estudo!


Aprender a pensar sobre o pensamento...
O Balanço dos nossos momentos na sala de apoio ao estudo, foi feito pelos próprios participantes...
O registo foi o que as fotos seguintes nos testemunham: